Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias Anteriores / Aprovado repasse de R$ 15 mil mensais para o Banco de Sangue

Aprovado repasse de R$ 15 mil mensais para o Banco de Sangue

Vereadores aprovaram, por unanimidade, durante sessão extraordinária ocorrida na manhã desta quarta, devido ao recesso parlamentar que termina no próximo dia 23 com o início das sessões ordinárias das segundas, a partir das 19h, Projeto de Lei Executivo no qual firma convênio com a Associação dos Receptores de Sangue de Erechim – Banco de Sangue, visando o repasse de recursos para subsidia-la no desenvolvimento de suas atividades, no valor mensal de R$ 15 mil.

Aprovado repasse de R$ 15 mil mensais para o Banco de Sangue

 

         Os municípios vinculados à  Associação de Municípios do Alto Uruguai – AMAU, em assembleia geral extraordinária, realizada no dia 18 de novembro do ano passado, aprovaram, por unanimidade, a proposta de repasse de valores ao Banco de Sangue.

         "Esta é uma ação provisória, pois posteriormente será assumida pelo Governo do Estado e que a necessidade momentânea é equilibrar as despesas e receitas do Bando de Sangue, o qual atende todos os municípios da região da AMAU", destaca o Executivo.

         Eni Scandolara, na Tribuna da Casa, pontuou que se questiona a atual situação da saúde no Brasil. "Repetimos que parece que Erechim nasceu há seis anos. Que bom que o Executivo está realizando o convênio, pois estas são políticas públicas que temos que rever e não deixar agonizar e vermos, principalmente, de que forma podemos contribuir".

         Leandro Basso lembrou que o Banco de Sangue vive desta receita que é somada as demais, a exemplo da AMAU. "Sem sangue não há vida, portanto campanhas para a doação de sangue seriam de extrema importância".

         Lucas Farina frisou que é impensável pensar Erechim e região sem o Banco de Sangue, para tanto a ampliação do recurso repassado, como da contribuição dos municípios ligados a AMAU. "Hoje são necessários estes aportes, mas futuramente ficará instalado junto a UPA".

         Luiz de Brito destacou que a aprovação de um PL como este dispensa comentários. "Interessante que a AMAU contribua, enaltecendo o SUS como o maior programa de saúde do mundo, mas que poderia ser melhor não fosse o desvio de recursos".

         Zé da Cruz garantiu a importância do projeto, numa grande mobilização entre o Executivo e a AMAU. "Um trabalho voluntário, e o município já conta com recursos para a construção da nova sede do Banco de Sangue". 

         Valdemar Loch salientou o empenho do prefeito Polis na preservação da vida. "São R$ 15 mil, mais os recursos da AMAU e outros, garantirão a sua operacionalização".