Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Araújo pede redução de gastos com CCs e FGs no Santa Terezinha

Araújo pede redução de gastos com CCs e FGs no Santa Terezinha

          Através de Pedido de Informações,  requer a lista de fornecedores que estão em atraso no pagamento pelo Santa Terezinha, especialmente as empresas ou médicos que prestam serviços terceirizados. Os dois expedientes serão apreciados em plenário na sessão ordinária da próxima segunda-feira, 13.

         Sobre  a primeira solicitação, Araújo justifica que é oriundo da caótica situação financeira do Santa Terezinha, com dívida superior a R$ 16 milhões. Segundo ele, o quadro de funcionários possui 45 CCs e FGs, com salários de R$ 2.153.36 a R$ 10.511,50.

         “Nada mais justo  diante da diversidade realmente comprovada com paralisação dos serviços básicos que a Fundação  exonere 30%  dos CCs e FGs ou reduzir o valor dos mesmos em até 30%, pois é inviável na situação insustentável da saúde a nível municipal, estadual e federal, que continuem com gastos deste porte em administração ao invés de priorizar o atendimento ao cidadão. Saúde é prioridade absoluta, não podemos suspender o tratamento e o atendimento de nossos erechinenses, temos que cortar na carne as despesas  para manter o Santa funcionando”, defende. 

          Quanto ao  Pedido de Informação, afirma que baseou-se na real necessidade do Poder Legislativo ter conhecimento sobre o quantitativo da dívida do hospital de forma clara e precisa. “Para buscarmos uma solução a longo prazo para o acúmulo de dívidas por parte do nosso querido hospital Santa Terezinha”, concluiu.