Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Barp e Fávero recebem aprovados em concurso da Polícia Civil que ainda não foram chamados pelo Governo do Estado

Barp e Fávero recebem aprovados em concurso da Polícia Civil que ainda não foram chamados pelo Governo do Estado

Presidente do Poder Legislativo, vereador Fernando Barp, juntamente com o Sargento Fávero, recebeu recentemente, na Sala da Presidência, um grupo de aprovados nos concursos da Polícia Civil que, embora com os nomes publicados na lista de aprovados, estão vivendo o calvário da espera pela chamada pelo atual Governo do Estado que, após a posse do José Sartori anunciou a não convocação num prazo de pelo menos 180 dias.

Preocupados com a atual situação em que se encontram, principalmente pelo fato de que muitos deixaram para trás seus antigos empregos, aprovados realizaram mais uma reunião com o Poder Legislativo a fim de buscar forças, junto aos Deputados Estaduais para que se busque um caminho para que sejam chamados para a realização do curso necessário para exercer a função e, posteriori, assumirem junto as DP´s do Estado que se encontram com falta de pessoal, a exemplo de Erechim.

            Na oportunidade, Fernando Barp, que já teve Moção de Apoio aprovada pela Comissão Representativa e enviada as devidas autoridades do Estado, destacou que a falta de efetivos na Polícia Civil, como na Brigada Militar tem preocupado em muito, não somente as autoridades, mas a população como um todo pelo estado de insegurança em aumento da criminalidade. “Olhamos como fator de prioridade a nomeação dos aprovados para amenizar um pouco a situação de falta de efetivos junto ao Estado gaúcho”.

            Sargento Fávero lembrou que vários efetivos deram baixa junto a Brigada Militar, indo para a Reserva, o que acabou diminuindo o já defasado número de policiais na segurança pública do Estado. “Hoje um fato junto à Polícia Civil são as aposentadorias que estão chegando, o que acaba diminuindo o número de efetivos”.

            Representante da Classe destacou que hoje, em todos os municípios do Estado, há uma certa pressão interna na luta para que as nomeações aconteçam o mais breve possível.

            Aprovados, como que em uma única voz, relataram as suas atuais dificuldades pelo fato de estarem na espera e não poderem trabalhar em outras áreas, como de suas expectativas com relação ao fato. Destacaram ainda, a necessidade de mais adesão nesta caminhada que busca a nomeação, lembrando a Marcha que realizaram recentemente da capital do Estado que repercutiu na mídia e mostrou a atual situação à população gaúcha.

            Barp e Fávero destacaram a possibilidade se juntar a região do Alto Uruguai na luta para a realização de uma manifestação de grandes proporções para chamar a atenção do Governo do Estado, em especial do governador José Sartori. Também será encaminhada nova Moção de Apoio que deverá passar pelo Plenário após o início dos trabalhos legislativos que acontece na próxima segunda 23 com o final do Recesso Parlamentar e a volta das sessões ordinárias nas noites de segunda a partir das 19h.