Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Comitê Permanente da RS 153 realiza nova reunião

Comitê Permanente da RS 153 realiza nova reunião

         Dentro dos trabalhos, foram apresentadas lâminas da EGR as quais mostrava os investimentos futuros com relação as necessidades da região e pedidos elencados pelo Comitê de Crise desde o acidente com o ônibus no trevo da Universidade Federal da Fronteira Sul, ainda em fevereiro deste ano, como das possíveis melhorias, a manutenção da pista e novos investimentos elencados pela mesma.

         Na oportunidade, a presença dos vereadores Lucas Farina, que faz parte do Conselho do COREPE, Claudemir de Araújo, Eni Scandolara, Luiz de Brito, assessoria Gabinete Ernani Mello, UFFS, CREA, Secretaria Municipal de Planejamento e outros presentes.

         Fernando ressaltou que, em reunião do COREPE, realizada no município de Passo Fundo em agosto último, foi colocado em pauta pela EGR de que o Edital para as obras de duplicação da RS 135 estaria sendo publicado no mesmo mês. “Hoje, passados quase trinta dias do anúncio, não se concretizou o que foi prometido, o que lamentamos muito, pois não somente Erechim, mas toda a região do Alto Uruguai aguarda esta ação pela EGR”.

         Ainda entre os pontos essenciais que são elencados para uma solução junto a EGR estão os problemas com o acesso a Linha Zero, o trevo de Capo Erê, o trevo de Erebango e a manutenção da via, fatores que ainda continuam sem solução, embora levantados há vários meses e pleiteado pelo Comitê de Crise e comunidade em geral.

         Como encaminhamento, Fernando Barp destaca que a EGR será oficiada por parte do Comitê e relatado ao Procurador do Estado Rodinei Candeia para que tome as devidas providências.

         Com relação ao caixa do Pedágio de Coxilha, de acordo com extrato enviado pela EGR, de agosto último, existe um saldo positivo de R$ 6.184.523,87 que, conforme os presentes na reunião, não estariam sendo investidos na melhoria da rodovia.

         Também foi levantado o fato de que a EGR já anunciou que não irá fazer o ressarcimento ao município de Erechim com relação aos custos na construção do acesso de entrada para a Universidade Federal da Fronteira Sul, medida tomada para que os alunos pudessem voltar as aulas após 60 dias de interrupção após acidente com estudantes.

         Por fim se levantou a necessidade de que, para a próxima reunião do COREPE Norte, que acontece no campus da Universidade de Passo Fundo, o município de Passo, o Comitê esteja presente através de convocação da própria EGR.

         “Esta é uma bandeira que não podemos deixar de lutar, pois estamos em busca da melhoria das vias de acesso de nossa região onde, a exemplo da Transbrasiliana e a duplicação da RS 135, se quer entrar para a modernidade em termos de rodovias, pois estamos nesta situação há muitas décadas, vivendo em uma realidade onde não havia tantos automóveis, caminhões e transporte pesado como hoje. Para que possamos mudar o perfil e nos tornarmos grandes para enfrentar a globalização que se moderniza a cada instante, temos que proporcionar toda a infraestrutura necessária para isto, e as estradas são fundamentais”, finaliza.