Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Legislativo aprova alteração de Lei visando criar cargos de agentes de combate a endemias e Médico Veterinário

Legislativo aprova alteração de Lei visando criar cargos de agentes de combate a endemias e Médico Veterinário

          Justificativa do Executivo garante que as contratações dos agentes são necessárias, tendo em vista que hoje são 37 cargos criados, mas que existem 40 ocupados. “Haja vista esta contradição, temos três servidores sem regularização”.

         “Ademais, com a premente necessidade de funcionamento da Unidade de Referência Animal em nosso município, e não existindo profissionais médicos veterinários no banco de concursados, referimos a criação de cargo com carga horária semanal de 20 horas e consequente contratação por prazo determinado, até que se consolide a nomeação por Concurso Público a ser realizado”, justifica.

         Em sua manifestação, Leandro Basso destacou como fundamental a contração do médico veterinário para a URA, visto que cachorros continuam sofrendo em nosso município. “Não há sinal de abertura da URA”, pontuou.

         Lucas Farina reafirmou a importância do Projeto de Lei, como do papel de alguns vereadores que se dedicam mais à causa dos animais e que desempenharam um papel fundamental para que a URA se tornasse realidade, como garantiu que não será retirado um profissional da Vigilância Sanitária para a Unidade de Referência Animal.

 Eni Scandolara destacou sua posição favorável, “não poderia ser contrário, mas questiono sobre a URA, pois lembro que fomos até o local para os atos de assinatura, vistoriou-se as obras e muita publicidade foi feita. A população acredita nos políticos pela sua atuação. Criou-se uma falsa expectativa e ainda estamos esperando. Os cachorros são seres vivos que também tem fome e dor”.  

         Valdemar Loch destacou a importância do Projeto de Lei. “Este é mais um projeto da atual administração para que possamos avançar ainda mais na área da saúde local. A contração deste profissional na área de Medicina Veterinária para a URA passará a ser a grande diferença no que trata no atendimento da população de cachorros e gatos de nosso município. Estamos satisfeitos, pois esta era uma de nossas principais bandeiras durante a campanha eleitoral e garantimos que a inauguração deverá acontecer, no máximo, em 60 dias”.

         Sargento Fávero, por sua vez, destacou que a contratação do profissional para atuar junto a URA é um exemplo extraordinário da atual administração, “um exemplo que deveria ser seguido pelo atual Governo do Estado”. Também lembrou a todos que, dentre os trabalhos a serem desenvolvidos pela Unidade, estão a castração de cães que serão encaminhados pelas ONGs do município, a micro-chipagem, tratamento dos cachorros atropelados e, após o seu encaminhamento para a adoção. “Não será um canil, mas sim uma casa de passagem dos animais”.

         Claudemir de Araújo destacou que o PL veio em boa hora, pois a população de cães e gatos cresce cada vez mais. “Estivemos atuando juntamente com demais vereadores ligados à causa dos animais e agora um sonho passa a se tornar realidade. Antes tarde do que nunca”.

         Presidente da Casa, Fernando Barp parabenizou o Executivo, lembrando que a construção do prédio da Unidade de Referência Animal junto ao Horto Florestal foi rápida, mas o problema que se apresentou foi o seu custeio, agora solucionado. “Parabéns a todos os envolvidos desta Casa que se envolveram e deram a sua contribuição em todo o processo”, finalizou.