Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Sessão Solene certifica projetos na Semana do Meio Ambiente

Sessão Solene certifica projetos na Semana do Meio Ambiente

Como oradora, a vereadora autora da resolução que concede a entrega dos certificados, Vânia Miola. Conforme Decreto Legislativo, de junho de 2006, ficou instituído o Certificado Ambiental Dr, Sérgio Benito Maccagnini a ser entregue anualmente no dia 05 de junho, as pessoas físicas ou jurídicas que apresentarem projetos de defesa e prevenção do meio ambiente e de qualidade de vida no município de Erechim.

         Maccagnini foi um homem sempre ligado às causas do meio ambiente e da natureza em Erechim. Fundador da Agapan, defensor de nossas fontes e mananciais, como também do Parque Municipal Longines Malinowski.

         “Deixou a sua marca registrada na política, na medicina e para toda a sociedade. Dedicado à causa pública, um exemplo para as novas gerações”, pontuou Vânia a todos os presentes.

         Patrulheiro Ambiental Mirim é uma experiência desenvolvida pelo Segundo Pelotão Ambiental da Brigada Militar em Erechim. Visando cumprir seu compromisso, a Brigada Militar, através do seu Comando Ambiental, criou o projeto de educação ambiental não formal, com o objetivo de sensibilizar e conscientizar crianças e adolescentes de 9 a 14 anos de idade, para a adoção de um comportamento preventivo, em que possam praticar atitudes que contribuam para o desenvolvimento de ações de prevenção do meio em que vivem, contribuindo na melhoria da qualidade de vida da sociedade rio-grandense.

         Projeto teve início no litoral do Estado, durante a Operação Golfinho de 2004, sendo executado por policiais militares habilitados em um curso de multiplicadores ambientais. Atualmente o projeto encontra-se institucionalizado na Brigada Militar através do seu Comando Ambiental, sendo que os Militares Estaduais Educadores são treinados e motivados, e possuem liberdade na execução dos conteúdos programáticos, encaixados em seis eixos temáticos, que norteiam as atividades que lhes possibilitam exercitar as potencialidades pessoais, sem, contudo, alterar a filosofia do Programa, que é a mesma em todas as localidades do Estado, onde é ministrado.

         “O Programa Patrulheiro Ambiental Mirim é um importantíssimo instrumento de gestão das atividades de Polícia Ambiental, que visa desenvolver na população o hábito da reflexão para despertar o preventivo, nos cuidados com o meio ambiente. A Brigada Militar, através do seu Comando Ambiental, vem desenvolvendo este projeto em todo o Estado do RS, com o objetivo de consolidá-lo como um programa de educação ambiental de referência para o País”, garante Vânia.

         “Outro projeto é o desenvolvido pela Escola Municipal de Ensino Fundamental de Jaguaretê, distrito de Erechim que muito me orgulha em falar, tendo minhas raízes fincadas nesta localidade que quando meus avós adentraram as terras da capital da amizade escolheram Jaguaretê para semear a nova esperança e de lá muitos frutos foram colhidos. Esta Casa é prova viva de representatividade de Jaguaretê em nosso cenário político municipal, tendo em diversos períodos legislativos cadeiras ocupadas por famílias daquela localidade”, destacou.

         A Escola localiza-se no distrito, interior de Erechim, e é a única do campo pertencente ao Sistema Municipal de Ensino de Erechim atendendo a 100 estudantes  em turno integral, do pré A ao nono ano, que participam de várias atividades diversificadas, como a agroecologia, iniciação científica, acompanhamento pedagógico, arte gráfica e literatura, informática educativa, cultura italiana, musicalização, oficina em inglês, banca escolar, atletismo e a AABB Comunidade.

         Os estudantes permanecem na escola por sete horas de segunda a sexta-feira, recebendo três refeições diárias. A escola possui laboratório de Ciências, laboratório de informática, salas de aulas, sala de multiatividade, sala de professores, área coberta, cozinha, pátio, pomar e horta. “Dentro da atividade de agroecologia, os estudantes participam do manejo, cultivo e cuidados com a horta e pomar, produzindo vários tipos de hortaliças que são acrescentados às refeições diárias”.

         O CAPA, juntamente com a EMATER, prestam assistência às atividades realizadas, através de palestras e atividades práticas. A Pasta do Meio Ambiente também auxilia a escola através do encaminhamento de mudas de flores e frutíferas para o plantio junto com os estudantes. “Todo o cultivo é feito somente com adubo orgânico, cedido pelos pais e também com húmus do minhocário. Não é utilizado nenhum tipo de agrotóxico na produção. As atividades são acompanhadas pela Secretaria de Educação”.

         “Estamos entrando no décimo ano desta certificação e o nosso desafio, agora, além de homenagear empresas, entidades e pessoas é trazer benefícios para estes que de alguma forma investem tempo e dinheiro para melhorar a qualidade de vida de todos”. 

         Após as manifestações da parlamentar, representantes das duas entidades agraciadas agradeceram a distinção, como explanaram seus projetos e resultados no meio ambiente.