Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Sirlei Maria Tomquelski de Sá é homenageada com nome de rua

Sirlei Maria Tomquelski de Sá é homenageada com nome de rua

por Ariane Tanise Pasuch publicado 20/03/2018 09h19, última modificação 20/03/2018 09h19

O vereador Emerson Schelski (PSDB) apresentou na sessão ordinária de segunda-feira (19), projeto de lei Legislativo que denomina rua de Erechim de Sirlei Maria Tomqueki de Sá - Do Lar. Familiares da homenageada estiveram presentes à sessão, onde o projeto foi aprovado por unanimidade em plenário. A rua é uma travessa da Rua K, localizada no Bairro Novo Atlântico.

De acordo com o parlamentar, Sirlei nasceu em 11 de abril de 1955 na cidade de Jacutinga/RS, e possuía três irmãos (Ijair, Silvanei e Sidnei). Filha de Constante Tomquelski de origem polonesa e Ornides Tereza Tomquelski de origem italiana. Estudou na Escola Estadual de Educação Básica Érico Veríssimo (na cidade de Jacutinga) cursando o ensino médio.

“Sirlei iniciou sua carreira profissional no dia 1ºde novembro de 1973, com 18 anos, como atendente de enfermagem no Hospital São Judas Tadeu (Luiz Dorigon & Cia Ltda) onde permaneceu até o dia 30 de abril de 1982. Ainda na cidade de Jacutinga, Sirlei conheceu João Thadeu Jeremia de Sá e casou-se em 22 de maio de 1982 na Paróquia Santo Antônio. O casal, em busca de novas oportunidades, mudou-se para Erechim e Sirlei veio a exercer a mesma função, no Hospital de Caridade em 15 de junho de 1982”, relatou o vereador.

Do fruto desta união, no dia 4 de outubro de 1985 nasceu seu filho, Maicon de Sá. Sirlei trabalhou no Hospital de Caridade até o dia 18 de agosto de 1987. No ano de 1990, Sirlei, então dona de casa, mudou-se com sua família para Chapadão do Sul/MS onde residiram durante seis anos.

Por motivo de saúde de seus pais, Sirlei e sua família optaram em retornar para Erechim onde firmaram residência na Capital da Amizade, na qual permaneceram durante 20 anos dedicados a cuidar de seus familiares. No dia 19 de julho de 2016, Sirlei foi internada na UTI do Hospital de Caridade com ameaça de infarto. Devido ao agravante, ela foi transferida para o Hospital da Cidade, em Passo Fundo, vindo ao óbito no dia 18 de agosto de 2016.

Ao final da manifestação do parlamentar, proponente do projeto de lei, familiares receberam uma homenagem de todos os vereadores em plenário.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.